Trabalho x Redes Sociais

As empresas hoje, além de olhar o currículo do profissional, também dão uma olhada nas redes sociais do candidato.

Em redes como o Linkedin é possível analisar um breve resumo das atividades profissionais do possível candidato, em outras como Facebook e Twitter, o que é levado em conta é o comportamento.

Fazer algum comentário indevido ou uma reclamação sobre seu trabalho (antigo ou atual), apologia ao crime ou algo ilícito, participar de eventos de vandalismo (como exemplo esses “rolezinhos”), passar mais tempo na rede social pessoal do que trabalhando, entre outros exemplos podem custar uma demissão ou a perda de uma boa oportunidade de emprego.

 

Para quem trabalha e tem acesso liberado para redes sociais ficam algumas dicas:

1 – Contenha a ansiedade, se você tiver que receber notificações, receberá, mas não tem necessidade de abrir sua página de 5 em 5 minutos para verificar.

2 – Delimite horário, voltou mais cedo do almoço? Dá uma olhadinha ou no fim da tarde se estiver tranquilo, mas nada de passar o dia “logado” e interagindo com as pessoas.

3 – Pense bem se verificar uma “notificaçãozinha” ou bater um papo com aquele seu amigo que não vê há muito tempo no horário de trabalho vale a pena.

O mundo vive conectado então, não deixe a vida pessoal (virtual) interferir na sua carreira profissional.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>